sábado, 28 de abril de 2012

O MEDO DA SALMONELOSE

As estatísticas indicam que apenas cerca de um ovo em cada 7000 contém bactérias do género Salmonella,
(a transmissão destas bactérias é feita diretamente pelas galinhas e não é devida a qualquer falta de higiene).
Apesar disso, algumas autoridades sanitárias recomendam que se evite comer ovos crus sob qualquer forma
e chamam a atenção para o perigo de intoxicação por salmonelas decorrente da ingestão de ovos parcialmente cozinhados.
As pessoas idosas, doentes, crianças pequenas, mulheres grávidas, doentes com sida e outras pessoas
com sistemas imunitários enfraquecidos por doença são particularmente sensíveis a este tipo de intoxicações.
As maioneses caseiras, molhos e os cremes à base de ovos contêm ovos crus, devendo por isso
ser evitados por pessoas mais vulneráveis, nestas circunstâncias para que se possa garantir a
destruição das bactérias, os ovos devem ser muito bem cozinhados.
Para esse efeito deve cozer os ovos durante pelo menos 7 minutos, escalfá-los durante 5 minutos
e fritá-los durante 3 minutos de cada lado, tanto a gema como a clara devem ficar bem firmes.
As omeletas e ovos mexidos devem ser passados até ficarem secos.
Deve ter-se sempre em atenção que os ovos de pata deverão ser cozinhados durante pelo menos
5 minutos e utilizados em pratos de forno, de preferência cozidos ou escalfados.

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search