domingo, 5 de fevereiro de 2012

TROMBOSE, A SUAS CAUSAS E OS CUIDADOS A TER

.
Uma dieta com baixo teor de gorduras saturadas e elevado teor de fibras e que inclua
grande quantidade de fruta e legumes ajuda a reduzir o risco de aterosclerose, situação
em que se acumula depósitos de gordura nas paredes internas dos vasos sanguíneos.
Estes depósitos podem provocar trombose quando atingem dimensões que causam estreitamento
dos vasos e um coágulo sanguíneo, ou trombo, se forma, bloqueando o fluxo de sangue.
Reduza os alimentos com elevado teor de gorduras saturadas, como lacticínios, bem como
alimentos que contenham um elevado teor de sal (que pode provocar a subida da tensão arterial),
como por exemplo, extrato de levedura, toucinho entremeado ou salsichas.

ALIMENTOS BENÉFICOS
Nem todas as gorduras são prejudiciais à saúde, algumas gorduras poliinsaturadas contêm
ácidos gordos ómega -3, que tornando as plaquetas do sangue menos "pegajosas", evitam a
formação de coágulos sanguíneos.
Encontram-se em Peixes gordos, como, cavala, arenque e truta.
Procure fazer uma refeição que inclua um destes peixes duas ou três vezes por semana.
Pensa-se que a cebola crua proteja dos efeitos nocivos dos alimentos gordos, fazendo aumentar
a velocidade à qual os coágulos sanguíneos são decompostos.
Também se crê que o alho fresco reduz o risco de coágulos sanguíneos.
Contudo seria necessário comer 10 ou mais dentes de alho por dia para obter um efeito significativo.
O risco de trombose aumenta com a idade, por outro lado, há outros fatores; como a obesidade,
o tabaco e a inatividade física, que sabe-se a tornam mais provável.
Apesar de não se poder suster a passagem dos anos, pode ajudar-se a reduzir o risco de trombose
reduzindo o tabaco, mantendo um peso saudável e praticando exercício com regularidade.
Uma ingestão moderada de álcool (2 copos de vinho/dia) é aceitável e pode mesmo reduzir
o risco de trombose através da dilatação dos vasos sanguíneos mais pequenos.
.

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search