quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

A IMPORTÂNCIA DO LEITE - Parte 2/2

(Continuação)

As mães que amamentam são as pessoas que precisam de maior quantidade,
1250 mg por dia ou o que se obtém bebendo cerca de 1 l de leite.
Seguem-se os adolescentes, que requerem uma ingestão diária de 800 a
1000 mg de cálcio.
A insuficiência deste mineral na infância e adolescência pode originar reservas
de cálcio inferiores ao nível óptimo (o organismo acumula cálcio no esqueleto
até cerca dos 30 anos) e mais tarde Osteoporose.
Só as sardinhas de lata, quando consumidas com espinhas, fornecem, peso por
peso, mais cálcio do que o leite.
Contudo um copo de leite de 200 ml contém cerca de 230 mg de cálcio;
uma dose de 70g de sardinhas tem 210 mg ou 385 mg, consoante as variedades.
As pessoas que não toleram a lactose (açúcar do leite) e os veganos, que não
comem lacticínios, devem obter cálcio de outras formas alimentares, como
legumes, leguminosas e frutos secos.
No entanto a absorção do cálcio desses alimentos é menos eficiente do que
no caso do leite.
O leite contém ainda quantidades significativas de fósforo, essencial para a
formação de ossos fortes.
Uma vez que a vitamina B12 se obtém por norma de alimentos de origem animal,
o leite é uma fonte valiosa desse nutriente, vital para os vegetarianos.
No entanto, como a vitamina B12 é destruída quando se ferver o leite, os veganos,
ou vegetarianos puros, têm de tomar suplementos ou comer alimentos enriquecidos.
.

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search