sábado, 7 de janeiro de 2012

ZINCO

.
O zinco, presente em todos os tecidos do corpo, é um componente essencial de uma vasta gama de enzimas.
Também é necessário para a manutenção e replicação das caraterísticas genéticas de cada
indivíduo (ADN e ARN) e para que o corpo seja capaz de interpretar estas informações genéticas.
Por tudo isto, o zinco é vital para o desenvolvimento dos ovários e dos testículos, uma deficiência
na infância e adolescência afecta negativamente o crescimento e o desenvolvimento sexual.
Também é necessário para o funcionamento eficiente do sistema imunitário.
De facto, o zinco é tão importante para o sistema imunitário que mesmo uma pequena deficiência
pode conduzir a um aumento do risco de infecções.
Este mineral é por isso especialmente importante para as pessoas idosas, particularmente
vulneráveis a inúmeras infecções.
O zinco é necessário ao apetite e contribui para a capacidade de saborear os alimentos.
É ainda necessário para a visão nocturna e o metabolismo do álcool e é usado pelos enzimas
implicados na destruição dos radicais livres.
A probabilidade de envenenamento por zinco é remota, estando habitualmente limitada a
pessoas que tomam regularmente grandes quantidades de suplementos de zinco.
Uma dieta variada normal deverá satisfazer as necessidades de zinco, sendo o marisco
(em especial as ostras) a melhor fonte deste mineral.
O zinco também se encontra nos cereais , mas é mais facilmente absorvido a partir de proteínas
animais como, carne, aves , ovos, ou lacticínios.
Isso deve-se em parte ao facto de o zinco nos cereais se encontrar sobretudo nas camadas
exteriores,
que são eliminadas no decurso do processo de descasque, e também porque a fibra dos cereais contém
fitatos, que se sabe afectarem a capacidade de absorção de vários minerais , entre os quais o zinco.
Os vegetarianos e os veganos podem, por esse motivo, precisar de suplementos de zinco.
.

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search