segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

A CIRURGIA PLÁSTICA

.
É compreensível que algumas pessoas queiram corrigir a sua silhueta.
É possível por exemplo esticar a pele que ficou flácida depois de uma longa dieta em
que se emagreceu significativamente, mas também existem operações cirúrgicas delicadas
feitas sob anestesia geral.
A gastroplastia é outro procedimento cirúrgico, que pode reduzir a capacidade do estômago.
Esta é a única intervenção cirúrgica no tubo digestivo que continua válida.
É praticada em Portugal, mas só é indicada em casos de obesidade mórbida e em pessoas
sem riscos cardiovasculares.
O método balão intragástrico (muito caro) é um método radical , destinado às obesidades
patológicas ou seja 20% acima do peso recomendado.
Este método consiste em introduzir um balão no estômago do paciente e enchê-lo com
200 ou 400 cm3 de ar.
O balão de 15 centímetros de comprimento, flutua então livremente dentro do estômago.
Age nos mecanismos de fome e da saciedade, pois o estômago sente-se «cheio» e é essa a
mensagem que envia ao cérebro.
Os resultados ?
Desanimadores.
Na verdade, foram feitos testes em dois grupos de obesos.
O balão foi introduzido apenas nas pessoas de um dos grupos, mas as outras acreditavam
que também eram portadoras.
Durante as primeiras semanas , os portadores de balão emagreceram mais depressa ,
mas ao fim de dois meses de dieta, as curvas de emagrecimento dos dois grupos tornaram-se
idênticas, portanto, este método não tem resultados verdadeiramente positivos.
Além disso alguns gastroenterologistas constataram inúmeras lesões, e mesmo úlceras
nos ditos portadores de balões.
.

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search