quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

O QUE FAZER EM CASOS DE INTOXICAÇÃO ALIMENTAR

.
Os sintomas de intoxicação alimentar manifestam-se num prazo entre poucos minutos a vários
dias após a ingestão do alimento responsável pela intoxicação.
Os sintomas que se verificam com mais frequência são vómitos, diarreia, dores de estômago,
náuseas, e em alguns casos chega a provocar febre.
Na maioria dos casos, estes sintomas são desagradáveis, mas não colocam a vida em risco.
O Botulismo, uma rara forma de envenenamento alimentar é uma exceção à regra, pois exige
cuidados médicos imediatos.
Os vómitos são a maneira natural do organismo expulsar os alimentos estragados e em casos de
intoxicação é preferível suportá-los, do que tentar por alguma forma medicamentosa, suprimi-los.
O perigo principal de uma intoxicação alimentar, é em especial nas crianças doentes ou pequenas são;
a desidratação e a perda de minerais essenciais, e por isso é fundamental repor os líquidos, o sal e o açúcar perdidos.
Dê de beber à vítima pequenos goles de soluções de água com açúcar, glucose ou mel, e em caso de abundante
perda de líquidos, uma pequena porção de sal dissolvido em água servida, enquanto os sintomas persistirem.
O chá de camomila, calmante e suave, pode também trazer benefícios.
Depois de um episódio de náuseas e de vómitos, existe uma perda total de apetite, no entanto logo que se sinta melhor,
coma uma banana, pois ajuda a equilibrar a acidez do estômago, e de seguida, um iogurte vivo (rico em Acidophilus),
para ajudar a repor as bactérias intestinais.
Vá recuperando as forças perdidas, através de uma alimentação ligeira (bananas, arroz, maçãs e
tostas), durante as seguintes 24 a 48 horas.
.

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search