segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

HIPOTERMIA

.
Hipotermia é o arrefecimento extremo do corpo provocado pela exposição ao frio.
No exterior, ou no interior de casa é muito perigosa e pode conduzir à fatalidade.
Os sintomas da hipotermia são tremuras, sonolência e um ritmo cardíaco bastante lento.
É bastante frequente em pessoas idosas que vivem sozinhas em casas deficientemente aquecidas
e em recém-nascidos que durmam em quartos frios durante a noite.
Os bebés prematuros e os que sofrem de alguma doença, são os mais susceptíveis ao problema.
Os sinais de hipotermia são; rosto de cor vermelho-vivo, letargia e rejeição de alimentos.
A hipotermia pode afectar qualquer pessoa que tenha estado exposta ao frio ou a humidade em excesso
durante um período bastante prolongado, como por exemplo, no caso de marinheiros, alpinistas e
pessoas que pratiquem desportos de Inverno, como esqui.
A situação torna-se perigosa quando a temperatura desce dos normais 37ºC para temperaturas
inferiores a 35ºC e o metabolismo começa a tornar-se mais lento.
Quando a temperatura do corpo desce abaixo dos 33ºC a pessoa deixa de tremer e começa a perder o equilíbrio e confusa.
Por volta dos 30ºC, o doente perde a consciência e pode morrer, se não for prontamente socorrida.
A hipotermia exige tratamento médico urgente, devendo chamar de imediato um médico, ou uma ambulância.
Enquanto aguardar a assistência médica, deve envolver a cabeça e o corpo do doente em cobertores.
O aquecimento do doente demasiado rápido é perigoso, não utilize sacos de água quente, nem outra fonte de calor directo.
Se o doente estiver consciente e for capaz de engolir, dê-lhe uma sopa quente ou uma bebida morna e açucarada sem álcool.
O álcool desvia o fluxo de sangue dos órgãos vitais para a pele, dilatando os capilares e por isso existe perda de calor.
.

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search