quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

DOENÇA DE CROHN - Parte 2/3

(Continuação)
Os doentes de tal modo afectados que tenham dificuldade em absorver os nutrientes
dos alimentos poderão ter que tomar suplementos vitamínicos e minerais.
A maioria dos especialistas pensa que a intolerância alimentar pode ser um factor
importante da doença de Crohn.
Muitos doentes relatam um agravamento dos sintomas com determinados alimentos,
citando mais frequentemente os cereais ( trigo, aveia, cevada, centeio e milho), leveduras,
lacticínios, frutos secos, fruta crua , marisco e pickles.
As provas recolhidas sugerem que mais de 50% de pessoas com doença de Crohn
beneficiaram com dietas de exclusão realizadas sob vigilância .
Os doentes podem tentar eliminar certos alimentos da sua dieta, um de cada vez, durante
algumas semanas, a fim de verificarem se com isso obtêm melhoras, mas devem ter o
cuidado de não eliminar muitos alimentos essenciais simultâneamente.
As eventuais deficiências de vitaminas e minerais dependem da localização da inflamação,
bem como dos medicamentos prescritos, mas estes frequentemente incluem ácido fólico,
presente no fígado, nos legumes de folha verde e nas leguminosas.
Os doentes podem também ter insuficiência de outras vitaminas do complexo B, entre as
quais tiamina(B1), presente nas batatas carne de porco, miúdos e cereais; riboflamina(B2),
que se obtêm sobretudo dos ovos , carne, criação, peixe, e lacticínios, extractos de levedura
e cereais de pequeno-almoço enriquecidos e vitamina B6, presente no pão de trigo integral,
frutos secos e soja.
(continua)

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search