quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

AVES DE CARNE DURA

.
Como os animais bravos são mais activos do que os animais domésticos, a sua carne também costuma ser mais dura.
Isso deve-se sobretudo ao facto de o colagénio dos seu músculos serem mais resistentes à decomposição
durante a cozedura do que o colagénio presente nas carnes de animais domésticos.
É importante por isso que a caça seja preparada e cozinhada de forma correcta.
A caça é geralmente consumida alguns dias depois de morta.
Este período designado por mortificação e em que a caça é pendurada num local fresco e arejado
tem por finalidade torná-la mais tenra e melhorar o seu sabor.
Se não souber durante quanto tempo a caça deve ficar pendurada, informe-se nos locais de venda.
A idade do animal e a temperatura da divisão da casa podem fazer uma diferença bastante grande.
Quando está um frio muito intenso, os faisões podem chegar a ter de ficar pendurados durante 1 a 2 semanas,
mas se a temperatura estiver amena 1 ou 2 dias, podem ser o suficiente.
As aves de caça que tenham sido congeladas não devem ser penduradas depois de congeladas.
Assar é a melhor forma de cozinhar todas as aves de caça novas.
Um forno quente torna a pele dourada e estaladiça, mas a caça nunca deve ficar muito passada.
O coelho fica melhor quando guisado, e o veado precisa habitualmente de uma cozedura lenta e demorada
para que fique com a carne tenra e saborosa.
Apesar de o chumbo ser um veneno acumulativo e de se dever evitar a sua ingestão, engolir
algum bago não deverá causar efeitos negativos.
Quando preparar a caça, tente retirar todos os chumbos alojados na peça, mas na altura da refeição,
previne as pessoas da possibilidade de ainda existir algum na sua peça de carne, pois podem ser
provocadores de danos nos seus dentes.
.

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search