segunda-feira, 13 de agosto de 2012

O CAFÉ E AS DOENÇAS CARDÍACAS

.
Quando bebe uma chávena de café o ritmo cardíaco aumenta e a tensão arterial
sobe um pouco, mas beber café com moderação não provoca tensão alta, e mesmo
aqueles que já têm uma tensão por norma elevada, não têm necessariamente
de abandonar a ingestão de café.
Diz-se que o café, ou a cafeína, provoca arritmia cardíaca e aumenta a probabilidade
de um ataque cardíaco, mas estudos recentes dizem que beber café passado por
um filtro de papel não causa arritmia nas vítimas de ataque cardíaco.
Essa filtragem do café pelo filtro de papel elimina o cafeol e o cafestol,
substâncias essas sim que poderiam aumentar o risco de problema cardíaco.

O café é um laxante ?
A cafeína em si não é um laxante,
mas o café descafeinado é um laxante mais forte do que o café comum.
Tenta-se ainda descobrir qual das 300 substâncias presentes no café, é a responsável
pela estimulação dos movimentos intestinais, mas de qualquer forma já se sabe que
a cafeína é um diurético natural.

Possíveis perigos:
A ideia de que o consumo de café aumenta
os riscos de contrair determinados tipos de cancro, é errada.
Pensa-se até que realmente pode reduzir os riscos de, por exemplo, do cancro do cólon.
As mulheres devem evitar o consumo excessivo, pois se beberem mais de 3 a 4 cafés dia
correm maior risco de sofrer de osteoporose, após a menopausa e em idade avançada.
O café é uma das causas de enxaqueca, mais frequentemente faladas.

O método de descafeinar o café:
Muita gente bebe café descafeinado para evitar os efeitos estimulantes da cafeína.
Podem no entanto dessa forma estarem a expor-se a substâncias químicas muito
mais nocivas do que julgam.
Estudos sobre os solventes orgânicos utilizados na extracção da cafeína, revelaram
pelo menos dois, que são carcinogénicos para animais
(um deles deixou mesmo de ser utilizado no processo).
.

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search