domingo, 4 de março de 2012

PROBLEMAS DA TIRÓIDE

A Tiróide, situa-se à frente da traqueia, ela produz hormonas que contêm iodo que controla o
ritmo metabólico do organismo, ou seja, a velocidade a que os alimentos e o oxigénio são
queimados para a produção da energia necessária ao crescimento, exercício e períodos de stress.
Mas o funcionamento normal da glândula tiróide requer iodo.
A deficiência deste elemento é uma das doenças nutricionais mais vulgares do mundo e dá origem
ao Bócio Endémico, esta deficiência, bastante rara no mundo desenvolvido, ocorre em geral em
zonas onde a ingestão de iodo dietético é baixo devido à presença de níveis reduzidos deste
elemento no solo e na água.
Nessas regiões, o iodo da dieta deve ser aumentado, as fontes alimentares mais ricas são os peixes
de água salgada e as algas marinhas.
Os ovos, o iogurte, o leite, o queijo duro e o sal iodado também são boas fontes.
A INGERIR MAS COM MODERAÇÃO :
Alguns alimentos, como a couve crua, nabos, amendoins e mostarda, podem interferir com a
capacidade de utilização do iodo pelo organismo na produção das hormonas da tiróide.
Esses alimentos, designados por bociogénios, não têm qualquer significado nutricional a menos
que sejam ingeridos em excesso.
Só desencadeiam casos de bócio quando a ingestão de iodo é mínima.
Nos países desenvolvidos, o bócio resulta em geral, de uma doença auto-imune que prejudica o
funcionamento da glândula tiróide, reduzindo a sua atividade a um nível demasiado baixo.
HIPOTIROIDISMO

Mais tarde irei falar sobre isso...

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search