quarta-feira, 23 de novembro de 2011

A BULIMIA - Parte 1/2

.
A dieta desempenha um papel importante no tratamento da bulimia.
As pessoas que sofrem deste distúrbio psiquiátrico, apanhadas num ciclo vicioso de passarem fome,
comerem e depois vomitarem, precisam de readquirir o controle nos seus hábitos alimentares.
O tratamento num hospital ou numa clínica centra-se no estabelecimento de três refeições
diárias a intervalos regulares e equilibradas, evitando as pequenas refeições intercalares e as
comidas pré-peparadas, ricas em gorduras e açúcar, frequentemente ingeridas durante os
períodos de excessos alimentares.
Os bulímicos precisam de ser convencidos de que ter apetite é saudável e normal.
O vómito provocado e o uso excessivo de diuréticos e laxantes associados à bulimia perturbam os valores
dos electrólitos do soro (o número de iões, potássio e cloro existentes no sangue circulante).
Essa situação pode dar origem a desidratação grave e a uma deficiência em potássio causadora de
mau funcionamento renal, fraqueza muscular e pulso irregular.
O tratamento inicial implica frequentemente uma dieta para repor o equilíbrio normal.
Assim aconselham-se alimentos que forneçam muito potássio, como fruta e frutos secos, sementes, abacates e bananas.
(continua)
.

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search