quarta-feira, 19 de outubro de 2011

A ICTERÍCIA DO RECÉM-NASCIDO

.
Muitos bebés têm Icterícia nos primeiros dias após o nascimento,
(especialmente os bebés prematuros).
Esta forma de icterícia, ou icterícia fisiológica, deve-se à imaturidade
do fígado, incapaz de eliminar a bilirrubina com eficácia.
Em regra inofensiva, desaparece ao fim da primeira semana de vida.
Existem outras formas de icterícia mais graves que podem afectar
os recém-nascidos;
Entre elas inclui-se a doença hemolítica, que é devida a uma
incompatibilidade entre os tipos sanguíneos da mãe e do feto.
De um modo geral, nestes casos a mãe é RH negativo, e o bebé é RH positivo.
Ao detectar um tipo de sangue diferente, o organismo da mãe
produz anticorpos que passando através da placenta para o feto,
vão decompor os glóbulos vermelhos deste.
Pode tornar-se necessário proceder a uma transfusão de sangue
antes ou depois do nascimento.
.

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search