quinta-feira, 25 de outubro de 2012

BOAS E MÁS COMBINAÇÕES À MESA

.
Bacalhau com batatas, esqueça.
Bife com tomate, não é bom.
Lombo de porco com ameixa, má opção.
Se comer algum destes pratos, não vai aproveitar todos os seus nutrientes.
A chave da combinação dos alimentos está no seu processo digestivo, uns são
absorvidos no estômago e outros nos intestinos, o primeiro é mais ácido do que
os segundos e deve evitar misturar-se os que são digeridos em local diferente, ou seja,
proteínas (carne) nunca devem partilhar a mesma refeição com hidratos de carbono
(arroz) ou açúcares (mesmo os da fruta).
Ingeridos ao mesmo tempo podem provocar alterações gástricas e intestinais, alergias
e intoxicações, ou no mínimo desperdiçar nutrientes.
Sendo a nutrição o primeiro objectivo da alimentação, beber um galão, pode ser tão
disparatado como tomar leite descalcificado, pois o café bloqueia o aproveitamento do cálcio.
Outros alimentos quando juntos facilitam a absorção de todos os nutrientes; um molho de agrião
não fornece tanto ferro por si só, como um molho de agrião se temperado com limão.
Outra abordagem às combinações alimentares estuda as especificidades digestivas.
Para algumas pessoas basta comer alface às refeições para que o nível de acidez dos sucos
gástricos se alterem, consequência; má metabolização dos açúcares e das gorduras,
aumento do colesterol e dos triglicéridos.
.

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search