sexta-feira, 2 de março de 2012

MORTE SÚBITA NO BERÇO

Ainda não foi identificada uma causa definitiva para este acidente, também designado por
síndroma da morte súbita do lactente.
A morte súbita no berço, mais frequente no Inverno do que no Verão, é a causa mais comum da
morte de crianças entre 1 semana e ano.
A questão da alimentação tem sido estudada, na tentativa de se descobrir o que torna a criança
suscetível, mas o facto de os pais fumarem parece ser a maior ameaça.
A VITAMINA C E O FUMO
As crianças com deficiência de vitamina C são mais suscetíveis a infeções respiratórias, em
geral mais numerosas no Inverno, quando os níveis de vitamina C no organismo são mais baixas.
As mulheres que fumam têm níveis de vitamina C no sangue mais baixos do que as que não fumam,
e o mesmo pode ser verdade em relação às crianças que inalam o fumo dos cigarros dos pais.
Foi agora feita uma associação direta entre a morte súbita no berço e o fumo do tabaco através
de estudos que mostram que os filhos de mães que fumaram durante a gravidez correm maior risco.
Entre os fatores não dietéticos associados à morte súbita no berço, inclui-se a posição da criança quando dorme.
Atualmente aconselham-se os pais a deitar a criança de costas para baixo, verificando-se que a
incidência de mortes diminuiu notavelmente com esta recomendação, e a manter a temperatura
do quarto entre os 16 e os 20º Centígrados.

Nenhum comentário:

PESQUISE NO TRUQUES & DICAS

Custom Search